Notícias Notícias da AEAO

FENARO – Adaptação a mudanças é vital para o sucesso

Compartilhe:

Com foco nas constantes mudanças tecnológicas e econômicas mundiais, o engenheiro Fernando José da Rocha Camargo, do IBEC (Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos) pautou sua palestra na Habilidade para Negociação, tema do terceiro dia de FENARO (Fórum de engenharia e Arquitetura de Osasco), na Uniban (Universidade Bandeirante)

A segunda edição do FENARO é promovido pela AEAO (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Osasco), com apoio do CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de São Paulo).

Para o auditório repleto de estudantes e profissionais do setor, Camargo fez uma análise geral da situação econômica mundial e alertou os participantes à necessidade de adaptação em momentos de crise, como fator primordial para o sucesso na profissão. O engenheiro destacou que a faculdade oferece o conhecimento, mas não ensina a negociar o trabalho.

Num mundo em que a informação é veloz e disponível em abundância, Camargo observa que mais importante do que obter tanta informação é saber o que fazer com ela. E pontuou ainda, que o grande diferencial entre o profissional de sucesso e o profissional comum está, de fato, no bom uso dessas informações e o modo como as retém. “Quando se guarda conceitos e aprendizados na cabeça é conhecimento, quando se guarda no HD é apenas informação”, destacou.

Com base nesse conceito, Camargo ressalta que o diferencial das grandes e promissoras organizações são as cabeças. Aponta ainda, que o uso do conhecimento de forma sábia está pautado na cooperação, no bom senso, numa negociação. Ele defende que de nada adianta passar por cima de outras empresas numa negociação. O ponto chave, segundo o engenheiro, é saber achar o ponto de equilíbrio entre os interesses para todos se beneficiem.

A visão e a boa administração financeira também ganharam destaque em sua fala. Camargo aposta no bom uso de recursos financeiros e na sensibilidade de cada profissional na hora de saber o que, como e onde aplicar ou poupar. “A relação entre custeio, reserva e investimento são fundamentais para o bom resultado financeiro de uma obra, de um empreendimento”, disse, lembrando que a qualidade deve ser uma das principais metas de um projeto, aliada a eficácia, que, segundo ele, é o conceito mais atual no setor.

Para finalizar sua participação no fórum, Camargo voltou a ressaltar as constantes mudanças que acontecem no mundo, às quais devem ser seguidas pelos modos de negociação. “O mundo está mudando a cada dia e os negócios mudam junto”, concluiu o engenheiro, chamando a atenção dos presentes para que se mantenham alertas às essas mudanças e mudem junto, para um futuro profissional de sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *