Notícias Notícias da AEAO

Assistência técnica gratuita dá tom ao último dia de FENARO

Compartilhe:

No último dia do II FENARO, os participantes tiveram uma verdadeira aula sobre Assistência Técnica e sua importância para projetos de sucesso. O ex-presidente da AEAO, Pietro Mignozzeti, em conjunto com o Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo (SASP) e o Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (SEESP) levou para o Fórum informações importantes sobre o tema.

Um dos pontos altos de sua apresentação foi o esclarecimento sobre a lei 1888, do deputado federal Zezéu Ribeiro (PT) que garante assistência técnica de arquitetos e engenheiros nas construções de moradias para população de baixa renda, lei que inspirou o projeto de lei com mesmo teor para o estado de São Paulo, de autoria do deputado estadual Marcos Martins (PT), que defende que o PL vai de encontro ao Programa Minha Casa, Minha Vida do governo federal, e é um instrumento fundamental para regularizar as construções e reformas.

Pietro ressaltou a importância do envolvimento dos profissionais neste movimento de conscientização e de apoio à lei federal e ao projeto para o estado de São Paulo e incentivou os presentes a se mobilizarem pela coleta de assinaturas no abaixo assinado em favor da PEC-285 (Proposta de Emenda à Constituição), que destina parte da arrecadação anual a investimentos na habitação. Ele destacou ainda, que a habitação deve ser, de fato, uma política de estado e merece maior atenção e que investimentos em habitação e saneamento refletem uma economia de 5% na saúde.

Outro ponto importante apontado por Pietro, é a necessidade de outras cidades se envolverem nesse movimento. O arquiteto espera que parlamentares de outros municípios se sensibilizem com a questão e apresentem propostas em suas cidades, universalizando a necessidade urgente de garantir a toda população de baixa renda em todo estado a assistência técnica gratuita e essencial para segurança.

Para Pietro, o Fórum é um passo importante para a conscientização de toda a sociedade e sobretudo dos profissionais do setor, que para ele “são verdadeiros agentes parceiros dessa empreitada”.

Pietro tratou ainda de normas técnicas e da importância de lidar com a questão com seriedade, como fator fundamental para bons resultados e sucesso na profissão. Para isso, detalhou a legislação como foco primordial para que estudantes se tornem, mais tarde, profissionais de excelência.

Por fim, estudantes e outros presentes puderam esclarecer dúvidas e ampliar o debate. Pietro considera que eventos como esse são vitais para a formação de bons e conscientes profissionais da arquitetura e da engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *