Notícias

Profissionais do Sistema Confea/Crea induzem desenvolvimento

Compartilhe:

A importância da responsabilidade dos profissionais da área tecnológica no desenvolvimento do Brasil e foi destacada por profissionais e autoridades na durante a 67ª Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia (67ª SOEAA), realizada entre os dias 25 e 28 de agosto em Cuiabá. O tema da 67ª Soeaa foi “Construindo uma agenda estratégica para o sistema profissional: desafios, oportunidades e visão de futuro”.

O evento contou com cerca de 2.500 participantes, sendo 1.700 profissionais e 800 estudantes do Brasil, se estende até dia 28. Engenheiros de todas as modalidades, arquitetos e urbanistas, engenheiros agrônomos e tecnólogos de diversos Estados do Brasil estiveram na abertura. Assim como representantes de organizações e entidades ligados às profissões, como a presidente da Federação Mundial das Organizações de Engenheiros, Maria Prieto.

O presidente do Conselho Federal de Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), engenheiro civil, Marcos Túlio de Melo, citou a necessidade de o país investir em tecnologia para poder dar suporte à demanda do desenvolvimento pelo qual passa. “Agora que a economia brasileira começou a crescer, começou a faltar geólogo, engenheiros e tecnólogo”. A ausência dos profissionais, conta, mostra como são relevantes para a economia e a falta deles é devido ao erro de estratégia na política educacional brasileira da não formação de quadros. Segundo dados do Confea, cerca de 70% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional passa pela ação dos profissionais do sistema.

O quadro atual e futuro de valorização da profissão, diz, requer ainda o desafio de se ter um projeto de nação, conteúdo a ser debatido com os candidatos a presidente durante a 67ª Soeaa. “Preparamos um documento que será apresentado aos candidatos a presidente para mostrar os desafios para o país se desenvolver, tanto em infraestrutura de energia, transporte e mobilidade urbana”.

O governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, citou indicadores sobre crescimento do Estado a uma média de 10% ao ano, creditado à participação dos profissionais do sistema Confea/Crea. “Não tem como ter esse crescimento no Estado, a posição que ele ocupa de grande desenvolvimento, sem falar na classe de profissionais que estão aqui”. A semana, afirma, terá debates sobre avanço tecnológico e desafios para construir uma agenda estratégica, o que realça o papel dos profissionais. “Não temos como avançar em todos os aspectos de crescimento e desenvolvimento, com o respeito ao meio ambiente, se não tivermos envolvidos em toda essa discussão os profissionais desta semana e deste congresso”.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, engenheiro civil Tarciso Bassan, sintetizou a 67ª Soeaa como momento de crescimento intelectual e de socialização de mostra de experiências bem-sucedidas na área tecnológica. Ele mencionou aos participantes que o atual cenário de investimentos em infraestrutura em Mato Grosso e no Brasil exige dos profissionais do sistema “maior controle da sociedade, dos mecanismos de combate à corrupção e maior respeito e atenção aos impactos ambientais”.

Com esse pensamento, ele também citou a preocupação que devem ter todos os profissionais do setor com o futuro do planeta, pois a existência cotidiana do cidadão e os benefícios que ele tem é resultado do conhecimento tecnológico. “As nossas profissões aqui reunidas simbolizam uma estratégia para o crescimento sustentável do país, são elas que transformam o conhecimento desenvolvido nos laboratórios, em produtos que vão melhorar a vida das pessoas”.

Também foi realizada a ExpoSoeaa, que mostrou alguns avanços tecnológicos do país. A programação completa pode ser encontrada em www.soeaa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *